Vasco Coimbra

portfolio

1/

Os 25 anos das Noites Ritual

O mítico festival da cidade do Porto teve a melhor comemoração das suas bodas de prata que poderia esperar. Repórter Estrábico, The Legendary Tigerman, Sean Riley & The Slowriders e Rita Redshoes foram os nomes em destaque da edição de 2017 do Noites Ritual.

Fotografia
Fotojornalismo
Reportagens
O mítico festival da cidade do Porto teve a melhor comemoração das suas bodas de prata que poderia esperar. Repórter Estrábico, The Legendary Tigerman, Sean Riley & The Slowriders e Rita Redshoes foram os nomes em destaque da edição de 2017 do Noites Ritual.

25 anos de Noites Ritual dão para muita coisa. São inúmeros os artistas que já passaram pelo festival e o mesmo se pode dizer dos concertos que ficarão para sempre na memória de quem assistiu. A comemoração das bodas de prata não ficou atrás e o concerto da Rita Redshoes (junto com a The Ritual Band, uma banda composta especialmente para este concerto) vai ficar para a história.

No primeiro dia, coube aos Repórter Estrábico abrir as hostes. Depois de uma pausa de 10 anos, a banda regressou a um palco onde também já foi muito feliz.

Na pausa entre os concertos do Palco Ritual, o belíssimo e intimista palco secundário recebeu o Rapaz Improvisado que, apesar do nome, deu um concerto muito seguro e agradável.

A encerrar o primeiro dia, The Legendary Tigerman criou uma autêntica explosão de Rock & Roll nos Jardins do Palácio de Cristal. Depois de, numa edição passada, ter trepado a uma das colunas laterais do placo principal, este ano decidiu mergulhar para o público e surfar nas ondas da multidão que assistia ao concerto. Apesar das temperaturas mais baixas, a energia do concerto foi tanta que a hora e meia de concerto passou num instante.

No segundo dia, Sean Riley & The Slowriders estrearam o Palco Ritual. Depois de ano passado terem visto o seu concerto cancelado devido ao mau tempo, redimiram-se este ano com um magnífico espectáculo como só eles sabem fazer.

No palco secundário, O Manipulador aproveitou todos os segundos para nos mostrar a sua interessante e original música. Como o próprio disse, o tempo não era muito (cerca de 30 minutos) portanto preferiu comunicar inteiramente com o público através da sua música. E que bem fez.

Não havia melhor maneira de encerrar as comemorações das bodas de prata do Noites Ritual do que com o especial concerto de Rita Redshoes & The Ritual Band. Com uma composição feita especialmente para este espectáculo (que contou com as vozes de Jorge Benvinda e Sara Carinhas), revisitaram 18 temas de artistas e músicos que passaram pelo festival nestes últimos 25 anos, entre os quais se destacam os Ornatos Violeta, David Fonseca, Mão Morta, Deolinda, Virgem Suta, Clã, The Gift, Samuel Úria e Blind Zero. Foi um concerto incrivelmente especial e que vai ficar na memória do festival e de quem assistiu.

5 Comments on “Os 25 anos das Noites Ritual”

  1. Pingback: As caras do Ritual | Noites Ritual 2017 - Vasco Coimbra

  2. Pingback: Repórter Estrábico | Noites Ritual 2017 - Vasco Coimbra

  3. Pingback: Rita Redshoes & The Ritual Band | Noites Ritual 2017 - Vasco Coimbra

  4. Pingback: The Legendary Tigerman | Noites Ritual 2017 - Vasco Coimbra

  5. Pingback: Sean Riley & The Slowriders | Noites Ritual 2017 - Vasco Coimbra

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Conteúdo protegido